a

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aenean commodo ligula eget.

242 Wythe Ave #4, Brooklyn, NY 11249
1-090-1197-9528
[email protected]
(17) 3234-2836
(17) 99137-5552
[email protected]

E-commerce deve ser data driven

E-commerce deve ser data driven

No dia 28 de julho tive a oportunidade de participar da conferência “Profissão Ecommerce 2019”, que tem como proposta ajudar quem vende online a vender mais.

O evento, idealizado por quatro empresários especialistas em e-commerce e marketplaces, foi realizado no shopping Frei Caneca, sendo organizado em dois dias de palestras, exposição de marcas e muito networking, inclusive com grandes players.

Entre os palestrantes haviam nomes como Pedro Sobral, que “deu uma aula” de como utilizar campanhas de marketing digital para atrair novos clientes ou aumentar o lucro.

E-commerce

Já Leandro Soares, diretor de marketplace, que deu um gostinho do que vem pela frente no Magazine Luiza, um dos maiores marketplaces no Brasil atualmente, que recentemente adquiriu a Netshoes e a Zattini, para trabalhar melhor os nichos esportivo e moda/acessórios.

Leandro afirma que o comércio online e o offline vão se complementar a ponto de se confundirem em um futuro muito próximo.

Na parte financeira, Marcelo Roque, CEO da Preço Certo, alertou para a correta precificação dos produtos, onde devem ser diluídos todas as taxas e custos fixos para manter uma boa margem de lucro, e ainda brincou: “Faturamento é ego, lucro é ponto de vista e caixa é a realidade”.

Data driven

Um detalhe interessante é que varejistas e indústrias consideradas MPE’s tinham acesso gratuito à área de exposição.

O que fica de aprendizado é estar sempre atento às estratégias dos grandes players e análises internas para diminuir custos fixos, utilizando softwares que automatizam tarefas repetitivas e reduzir taxas por meio de parcerias estratégicas ou otimizando as ofertas.

Me pareceu um consenso: a melhor forma de lucrar online é ter bons produtos que se diferenciam da concorrência por características específicas procuradas pelo consumidor.

Por isso, o importante é sempre estar monitorando as ações dos clientes porque e-commerce deve ser “data driven”, ou seja, movido à análise de dados.

Deixe um comentários