fbpx

Você ainda não usa ferramentas de gestão ágil? Confira algumas opções!

gestao-agil

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Com a pandemia a gestão ágil é um dos principais desafios do mundo corporativo, já que muitos colaboradores começaram a trabalhar em home office.

Mas como fazer a gestão eficiente de pessoas e tarefas com cada um em um lugar? 

Uma das saídas foi o uso de ferramentas de gestão ágil. De acordo com uma pesquisa recente feita pela “Digital.ai”, 33% das empresas de tecnologia adotaram novos métodos de trabalho depois da pandemia. Foram pesquisadas mais de mil empresas em todo o mundo. 

E parece estar dando certo. Outra pesquisa, feita pela Bain & Company com 800 empresas que adotaram o home office, inclusive do Brasil, mostrou que elas conseguiram um índice de inovação de 72%, número bem superior ao anterior à crise. 

Gestão ágil: Cases de Sucesso

Algumas empresas já haviam percebido as vantagens da gestão ágil mesmo antes da pandemia. É o caso do Magazine Luiza que há mais de dez anos já usava este método.

Quando os trabalhadores foram para casa, foi muito mais fácil implantar o projeto do “Parceiro Magalu”, um shopping virtual para pessoas e pequenas empresas. 

Já o banco BV teve sucesso com 99% dos colaboradores em home office através do sistema de gestão ágil.

Com isso eles conseguiram organizar os dados de 1 milhão de clientes para um mutirão de renegociação de prazos de dívidas. 

Mas cuidado!

No livro “Ágil do Jeito Certo: Transformação sem caos”, três experientes consultores, Darrell Rigby, Sarah Elk e Steve Berez, alertam para os perigos do imediatismo.

De acordo com eles, querer fazer tudo muito rápido e com o menor custo possível, pode colocar tudo a perder e levar a prejuízos, clientes insatisfeitos e colaboradores sobrecarregados. 

Além disso, é preciso evitar, a todo custo, o “implantar por implantar”, ou seja, usar estes processos só porque “todo mundo está usando” ou porque “está na moda”. 

O importante é ter um objetivo e um planejamento e segui-los. 

Com isso sua empresa pode conseguir resultados ainda melhores de antes da pandemia. 

Principais ferramentas de gestão ágil

Separamos as principais ferramentas de gestão ágil que vão te ajudar a gerenciar todo o trabalho de equipes remotas. Veja!

Asana – criada pelo co-fundador do Facebook, Dustin Moskovitz, esta ferramenta é uma das mais usadas. Tem design intuitivo e várias funcionalidades. Nela é possível acompanhar cada tarefa de cada colaborador de forma fácil e até atribuir um dia e hora para a finalização do mesmo;

Scrumblr – Apesar de não ter uma usabilidade muito boa, ganha no quesito praticidade. Você pode compartilhar um link com que quiser e fazer um trabalho em conjunto com alguém remoto. 

LeanKit – Com ela é possível, além de acompanhar os trabalhos, recomendar análise e melhoria de uma tarefa e ainda fazer subdivisões dentro de uma coluna. A versão paga inclui o uso de quadros ilimitados.

Google Drive – conhecida de muita gente é bastante usada por pessoas, famílias e empresas. Ela permite a criação de arquivos em vários programas e o compartilhamento de materiais de forma ágil e rápida. 

Basecamp –  É uma das melhores ferramentas de gestão existentes. Nela é possível escrever comentários, participar de fóruns de discussões e troca de documentos. 

Trello – Divide os trabalhos a partir de quadros e colunas verticais e é de fácil visualização. É possível inserir comentários, anexos e atribuir prazos para a execução das tarefas, além de avisar o colaborador a cada nova atividade inserida. 

GitHub – Permite trabalhar com projetos públicos e privados. Sua ferramenta de gestão é semelhante ao Trello. Bastante similar ao Github, no Gitlab  é possível criar projetos privados ainda na versão gratuita. 

Veja também!

Simplifique e agilize

– Reuniões periódicas online: ajudam no senso de responsabilidade, disciplina e faz com que os colaboradores tenham a sensação de ainda fazer parte da equipe;

– Delegar tarefas: uma das principais dificuldades dos gestores é confiar a realização dos projetos à distância. Para isso é preciso dar um voto de confiança à equipe e observar os resultados. Também é importante não ter medo de fazer mudanças se necessário;

– Objetividade: o que já era importante antes da pandemia agora se tornou imprescindível, principalmente nas reuniões online, na qual os colaboradores tendem a se distrair mais facilmente;

– Mapeamento de processos: também já existia antes, mas à distância o líder precisa de ferramentas ainda melhores para acompanhar o andamento dos trabalhos. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa Newsletter

Receba novidades

Mais para explorar

e-Books

e-Book 20 Otimizações em Facebook Ads

Melhorando suas campanhas no Facebook Neste eBook, focado principalmente no Facebook Ads, traremos algumas dicas intermediárias e avançadas para você criar suas campanhas (ou otimizar

e-Books

e-Book Introdução ao Marketing no Facebook

Explorando novos caminhos digitais No mundo do marketing e dos negócios, existe uma metodologia revolucionária que exemplifica um pouco dessa tendência de transmutação. Ela se

Deseja impulsionar o seu negócio?

Fale com a Pericoco

Vamos conversar

Saiba como ajudamos mais de 50 empresas a obter sucesso.